Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Bancada maranhense não garante apoio para barrar denúncia contra Temer

A Folha de São Paulo  procurou na semana passada todos os 513 deputados da Câmara Federal, após o STF (Supremo Tribunal Federal) receber, na segunda (26), a peça em que Temer é acusado de corrupção passiva –seria o destinatário de uma mala de R$ 500 mil de propina da JBS, além de promessa de outros R$ 38 milhões em vantagens indevidas. Cabe à Casa dar ou não aval, com os votos de no mínimo 342 deputados, para que o STF possa aceitar a denúncia e abrir a ação penal. Nessa hipótese, Temer seria afastado por até 180 dias para ser julgado.

Da base maranhense, apenas três deputados se declararam a favor do processo e outros três contra. A maioria prefere deixar em sigilo, até mesmo os deputados Rubens Júnior e Juscelino Filho. Como integrantes da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara-CCJ, os dois serão os primeiros a analisarem o processo enviado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Veja abaixo como cada deputado do Maranhão se posiciona sobre a denúncia contra Temer.

A FAVOR DA ACEITAÇÃO DA DENÚNCIA:

Eliziane Gama (PPS-MA)
Weverton Rocha (PDT-MA)
Zé Carlos (PT-MA)

CONTRA A ACEITAÇÃO DA DENÚNCIA:

Cléber Verde (PRB-MA)
Hildo Rocha (PMDB-MA)
Junior Marreca (PEN-MA)

NÃO VAI SE PRONUNCIAR:

André Fufuca (PP-MA)
Pedro Fernandes (PTB-MA)

NÃO SABE:

Alberto Filho (PMDB-MA)
Aluisio Mendes (Podemos-MA)
João Marcelo Souza (PMDB-MA)
Rubens Pereira Júnior PC do B-MA)
Victor Mendes (PSD-MA)
Waldir Maranhão (PP-MA)

NÃO RESPONDEU:

Deoclides Macedo (PDT-MA)
José Reinaldo (PSB-MA)
Juscelino Filho (DEM- MA)
Luana Costa (PSB-MA)