Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Sarney reúne senadores do PSDB em festa de aniversário em Brasília

Nessa segunda-feira, o ex-presidente José Sarney realizou uma festa para comemorar seu aniversário em Brasília, como não poderia ser diferente, o assunto principal foi o afastamento da presidente Dilma. O que mais chamou a atenção foi à calorosa recepção à comitiva de senadores do PSDB que chegou e saiu saltitante com as informações de que família Sarney tem operado pela aprovação do processo de impeachment.

Roseana Sarney foi à encarregada de receber os senadores Aécio Neves (MG), Aloysio Nunes (SP) e Tasso Jereissati (CE). A “princesa” da Odebrecht deixou o grupo muito animado depois de dizer aos senadores que toda sua família esta empenhada em convencer a bancada do nordeste a trabalhar pela saída de Dilma.

“Para nós foi uma surpresa porque até então não sabíamos do posicionamento deles”, afirmou um dos tucanos presente na festa. “Sou do grupo do Sarney e, apesar de ter votado contra, sei que a Roseana conversou com alguns deputados do grupo que ficou do lado do Michel Temer e a favor do impeachment”, afirmou ao Estado o deputado João Marcelo Souza (PMDB-MA).

A família não tem lá muitas queixas da presidente, o problema é que fatalmente a permanência de Dilma diminuiria as forças do grupo Sarney, e Flávio Dino alcançaria o posto de grande aliado no Maranhão. Ao decidir apoiar o impeachment, num eventual governo Michel Temer, Sarney voltaria a comandar setores importantes do país como o Ministério das Minas e Energia, Roseana que nunca se afastou da vida política já teria como promessa um ministério.