Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Vaza áudio de Temer já prevendo o impeachment de Dilma

Já imaginando que o impeachment da presidente Dilma Rousseff seja aprovado pela Câmara, o vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) gravou um áudio no qual pede a “pacificação” e “reunificação” das forças do país, previsto para ser divulgado após decisão da Casa. No áudio que foi divulgado nesta segunda-feira, ele diz que suas palavras são “provisórias” e afirma que se recolheu nos últimos tempos para não passar a ideia de que queria ocupar a cadeira da Presidência.

— Quero me dirigir ao povo brasileiro para dizer algumas das matérias que penso devam ser por mim enfrentadas. O faço naturalmente com muita cautela, porque sabem que há mais de um mês me recolhi exata e precisamente para não aparentar que estaria praticando algum gesto com vistas a ocupar o lugar da senhora presidente da República.

O vice-presidente afirma que é preciso um governo de “salvação nacional” que reúna forças de todos os partidos.

— Aconteça o que acontecer no futuro, é preciso um governo de salvação nacional e de união nacional, é preciso que se reúnam todos os partidos políticos e todos estejam dispostos a dar sua colaboração para tirar o país da crise. Sem essa unidade nacional, penso que será difícil tirar o país da crise. O fundamental agora é o diálogo, em segundo lugar a compreensão, e em terceiro lugar, para não enganar ninguém, ideia de que vamos ter muitos sacrifícios pela frente. Sem sacrifícios nós não conseguiremos avançar para retomar o crescimento e desenvolvimento que pautaram a atividade do nosso país nos últimos tempos, antes dessa última gestão – diz Temer.

A mensagem teria sido enviado a alguns parlamentares do PMDB por engano. Temer diz ainda que a missão neste momento é pacificar o país.

— A grande missão a partir desse momento é pacificação e reunificação do país, estou repetindo o que venho pregando há muito tempo.