Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Jornalista “mata” Mestre Apolônio

bumbameuboi_03O empolgado blogueiro Diego Emir “matou” por alguns minutos o fundador do Boi da Floresta, Mestre Apolônio Melônio.

Em postagem na manhã desta terça-feira (26), o ex-editor de política do jornal O Imparcial se deixou levar pelo famigerado jornalismo de WhatsApp e anunciou, sem qualquer apuração, a morte de Mestre Apolônio.

A notícia falsa se espalhou como rastro de pólvora pelas rádios e redes sociais. Comovidos, vereadores de São Luís chegaram a prestar um minuto de silêncio em homenagem ao ícone da cultura popular maranhense.

Minutos depois, a informação foi desmentida pela família de Apolônio. O agoureiro Emir, sem nenhuma retratação, apagou a “barrigada” de sua página de internet. Em um grupo de jornalistas, ainda tentou atribuir a responsabilidade pelo erro às TVs Difusora e Guará, mas logo foi repreendido por colegas de profissão.

Em nota à imprensa, a Secretaria de Saúde do Maranhão informou que Apolônio Melônio segue em uma Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Carlos Macieira. Com 97 anos, o artista foi internado no final de março depois de fraturar o fêmur em uma queda.