Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Deu na Veja: Mirante levou 43% da fatia publicitária do governo Roseana

roseana-mirante-flora1A distribuição da verba publicitária do governo Roseana Sarney para as TVs não era muito diferente do critério para os jornais. De 2011 a 2014, a TV Mirante, também de propriedade dos Sarney e retransmissora da programação da TV Globo, recebeu 23 508 705 de reais – o equivalente a 43% dos 54 173 753 gastos com publicidade neste meio.

Ao longo dos últimos quatro anos, a TV Difusora, repetidora do SBT, recebeu 7 680 699 de reais. Já a TV Cidade,  retransmissora da TV Record, levou 6 110 989 de reais, no mesmo período.

A Difusora tem como sócio majoritário Edison Lobão Filho, candidato apoiado pelos Sarney para a sucessão de 2014. Já a Cidade tem como sócio Roberto Rocha, senador eleito pelo PSB na chapa de Flávio Dino e, portanto, adversário dos Sarney.

A propósito, a Secretaria de Comunicação Social do governo Flávio Dino abriu uma licitação para contratar uma pesquisa de hábitos de consumo de mídia.

Explica o secretário, Robson Paz:

– Será o primeiro passo para adotar critérios técnicos na distribuição da verba publicitária. Antes, quem governava estava dos dois lados do balcão.

4 Comnetários

  1. Tem que fazer uma Auditoria na administração passada, não é possível ver todo dia casos de desmandos beneficiando a família Sarney, está na hora de se fazer um balanço das falcatruas, e roubalheira da administração passada. Só noticiando e sem dizer quais as providências tomada não dar. Tem que investigar onde houve roubo, falcatruas, desvio de recursos, quem beneficiou quem!, quem sãos os laranjas, e colocar na cadeia.
    Os come e dorme os parasitas do governo tem que se mexer, trabalhar e botar pra quebra, fazendo o que é de direito e mostrar serviço, Será que esse pessoal não se cansa de não fazer nada, ora bolas, vamos trabalhar concursado e efetivos pra que tanta moleza…

  2. Professores de São João dos Patos paralisam suas atividades e realizam atos públicos

    Fonte:”http://www.oquartopoder.com/saojoaodospatos/?p=17998″

    Fonte: “http://jaksonduarte.com.br/professores-de-sao-joao-dos-patos-paralisam-suas-atividades-e-realizam-atos-publicos/”

    Na manhã desta segunda-feira, 27/04, os professores da rede municipal de ensino de São João dos Patos, iniciaram a paralisação de advertência de suas atividades, em prol de uma negociação de reajuste salarial e aprovação do plano de cargos e salários. Os servidores que reivindicam a implantação do piso nacional de 13,01%, caminharam pelas ruas da cidade, de forma pacífica e ordeira em protesto e esclarecendo os motivos da paralisação aos pais de alunos, alunos e toda sociedade.

    Os professores e servidores da educação reuniram-se as 07h:00min na sede do SINPROED, para deliberarem a respeito dos motivos da paralisação, munidos com apitos, cartazes e faixas, seguindo numa caminhada pelas ruas da cidade.

    As 14h:00min haverá um ato público, onde os professores mais uma vez caminharão pelas ruas da cidade rumo a câmara de vereadores, onde a presidente do sindicato, usará a tribuna para expor os motivos desta manifestação.

    A paralisação segue até a próxima quinta-feira, 30/04, com o compromisso dos professores de repor as aulas posteriormente, para que não haja prejuízos aos alunos.

    ENTENDA

    Há aproximadamente 1 (um) ano, os servidores da educação através de seu sindicato, enviaram um Plano de Cargos e Salários, para apreciação do gestor municipal, onde se regulamenta os direitos e diretrizes do educador, o plano deveria ser avaliado pelo gestor, seus assessores e secretários, tendo este o direito de debater com a classe modificações e oferecer sugestões e alterações, de forma democrática.

    Passado 1(um) ano, o gestor não se manifestou e nem ofereceu contra proposta ao plano, o que causou um mal estar junto aos educadores, que buscaram dialogar de todas as formas possíveis e impossíveis, buscando o apoio junto a vereadores e outros meios, nada foi resolvido.

    Os Servidores da educação através de assembleia no dia 16/04 decidiram através de votação, pela paralisação de advertência, como única forma de atrair a atenção do gestor municipal para um diálogo sobre o plano de cargos e salários, sendo escolhida a data dia 27/04, para o ato.

    Ocorre que Secretaria de Educação, convocou os servidores para uma “reunião” ou palestra na sede da câmara, com Paulo Buzar, no dia 18/04 onde o assunto em pauta seria, Lei de responsabilidade fiscal e o plano de cargos e salários, nesta ocasião, foram mostradas as contas referentes a secretaria de saúde e educação, vindo em seguida a proposta de reajuste salarial de 2,5%, abaixo da perdas inflacionárias, do reajuste do salário mínimo e muito abaixo do piso nacional.

    Essa proposta desencadeou um descontentamento geral entre os professores, que mais uma vez se reuniram e decidiram manter a paralisação para o hoje dia 27/04, só que agora com mais uma reivindicação, um reajuste salarial mais digno e uma melhor valorização financeira da classe.

    Percebendo que a paralisação seria inevitável, o Sr. prefeito Waldênio de Sousa, solicitou junto ao SINPROED uma reunião com os representantes da categoria, onde o intuito seria negociar, oferecer propostas, dialogar, para que se chegasse a um senso comum e se evitasse a paralisação. Assim marcou-se um encontro para o dia 25/04, na sede do SINPROED, tendo comparecido o prefeito, a secretária de educação, o presidente da câmara de vereadores, professores representantes de todas as escolas do município, diretoria do SINPROED e outros convidados como o Padre Luzimar.

    A reunião transcorreu de forma tranquila, com ambas as partes expondo seus pontos de vista, com o poder executivo demonstrando os gastos e despesas, que segundo o mesmo, inviabilizaria o pagamento dos 13,01%, tendo o mesmo chegado a propor, que levaria para discussão e posteriormente aprovação da câmara o plano de cargos e salários, na data de 25/05/2015 e que com muito sacrifício só poderia oferecer um reajuste de 8% de aumento para os professores.

    A presidente do SINPROED, Marcilene Fonseca se encarregou de levar a proposta para apreciação dos professores e dá uma resposta ao gestor na mesma data.

    Realizada a assembleia junto aos professores no mesmo dia, após uma convocação emergencial, no auditório da Unidade Integrada 31 de Março, a maioria decidiu por manter a paralisação de advertência e lutar pelo reajuste de 13,01%.

  3. O problema é q se for adotar criterios tecnicos vai mais de 60% pra mirante. Tem q admitir q é pifio o desempenho de outras emissoras frente a midia de Sarney. É mais inteligente explorar mais a mirante e usar bem seu espaco q de repente pagar o “justo” pra um jornalzinho meia boca q n vende nem 1000 exemplares/dia.

  4. EU GOSTARIA DE SABER PARA QUE O GOVERNO FAZ PROPAGANDA, UMA VEZ QUE NÃO TEM FUNÇÃO DE VENDER NADA, E SIM PRESTAR SERVIÇOS PELO DINHEIRO QUE RECEBE DOS TRIBUTOS E QUE NÃO CHEGAM DESVIADOS OU SONEGADOS. ENTÃO, A MEU VER, O RECURSO DESTINADO DEVERIA SER O MÍNIMO POSSÍVEL PARA ESSE FIM.
    NA REALIDADE OS RECURSOS DEVEM SER DIRECIONADOS PARA A SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA PÚBLICA, OU SEJA, ATIVIDADE QUE VENHA MELHORAR A CONDIÇÃO DE VIDA DAS PESSOAS, QUE É A RAZÃO DE SER DO ESTADO. ENQUANTO QUE A PROPAGANDA DE GOVERNO NÃO LEVA A NADA.
    AGORA, FAZ-SE NECESSÁRIO UMA RESSALVA, É QUANTO OS INFORMES DE NATUREZA INSTITUCIONAL, ASSIM COMO ESTA NA CONSTITUIÇÃO QUE NÃO É CUMPRIDA.
    UMA COISA É CERTA. NÃO CONHEÇO NENHUMA EMISSORA DE RÁDIO OU DE TELEVISÃO PERTENCER A PESSOA DE POBRE. É TUDO DE RICO OU DE POLÍTICO. QUE USAM ESSES MEIOS PARA ENGANAR E MENTIR, COM INTUITO DE SE MANTEREM NO PODER E DESVIAR OS RECURSOS PÚBLICOS. O PIOR É O QUE TEM DE POBRE DEFENDENDO ESSE SISTEMA.

Comments are closed.