Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Holandinha volta atrás e reduz as passagens em 20 centavos

OPSUma semana após o aumento de até 19% no valor das passagens de ônibus em São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Junior voltou atrás do reajuste e acaba de anunciar uma redução nas tarifas do sistema integrado.

A redução começa a valer a partir de segunda-feira (6) e foi obtida graças ao acordo entre a Prefeitura e o Governo do Maranhão possibilitando a desoneração do ICMS cobrado sobre o óleo diesel para as empresas de ônibus, o que permitiu a redução de R$ 2,80 para R$ 2,60.

12 Comnetários

  1. Nessas hora é que precisamos de mente brilhante, ponto para Flávio Dino, zero para Holandinha. não precisava de tanto afobamento para o prefeito tomar uma atitude dessas precipitado, parece que vive eternamente sob pressão dos Empresários sedento de aumento. Por essa e por outras, que cada dia que passa Holandinha cai no conceito da população de péssimo administrador, e daqui para 2016 ele tem que dar muita demonstração de trabalho para tirar da população esse conceito de um prefeito que não faz nada, preguiçoso, igual a todos os outros que passaram pela Prefeitura de São Luis. Ou ele dar um grito de independência diante desses empresários, mandando eles trabalharem e ganhar honestamente e investir nas sua empresas, ou ele vai levar um pé na bunda da população, não está muito longe de chegar esse dia…

  2. Na minha opinião , eles o prefeito e os empresários usaram o velho ” se colar colou”,(nao colou)esse valor 2,80$ não era o valor real que eles queriam aplicar eles queriam era realmente 2,60$ e povo acha que mudou a situação ,mas na vdd já era tudo caso pensado.

  3. Esse prefeito é muito fraquinho…….ainda não era pra ser
    prefeito….no máximo o que era, dep. federal, onde não tinha que tomar sérias decisões…era um mero parlamentar, e diga-se de passagem, inexpressivo……
    Faz parte da juventude política inexpressiva!!!!!!!!!!

  4. Ele está confiado apenas no Flávio Dino……
    Sinceramente, eu não sei o que seria de São Luís
    se o Dino não fosse o governador!!!!!!!!!!!

  5. Oh vantagem!
    Não conta com meu voto nunca mais Edi-engana.
    Vamos continuar morfando nas paradas aguardando lata velha lotada e pagando caro por isso…

  6. O mérito desta questão caberia a Holandinha, mas quem ganhou foi Flávio Dino, o Prefeito deveria ser mais racional, e não se submeter aos capricho dos empresários sedento de ganho. O Sr Prefeito está precisando de pessoas mais tarimbada para discutir questões séria de interesses da coletividade, nessas hora tem que deixar de lado as emoções e os impulsos precipitado, nada de atender empresários sem antes ver se as pretensões merecem ser atendidas, qualquer aumento acima da inflação, tanto da passada como as projetada para o ano corrente é uma temeridade, ninguém com bom censo pode atende todas as pretensões descabida dos empresário, só porque simplesmente eles querem, todo mundo sabe que na ânsia de ganhar eles são uns exagerados.
    Ou será que o Prefeito tem o rabo preso!?. Só o tempo dirá…

  7. Se depender de aumento de gasolina e óleo diesel, para empresário obter aumento de passagens, haja aumento, vai ser a melhor atividade do ramo, mas também que aumente também o salário do trabalhador, todo mundo sabe, que basta um aumento qualquer para tudo aumentar. O que se tem que fazer é dividir o ônus, onde só tem quem quer ganhar, fica difícil. Quem vai repor esse aumento de passagens do salário do trabalhador?, Ninguém, ele vai penar até o aumento do SM no próximo ano, e ainda corre o risco de surgir mais aumento, até o ar que respiramos já estão pensando em taxar, ai lasca tudo…

  8. Será que o reajuste da tarifa não foi precoce ou precipitada ou seja o secretário não teria cedido muito rápido na primeira reunião, não seria o caso de ter segurado um pouco mais nas negociações, claro que aja visto o risco da paralisação por parte dos rodoviários, até mesmo para a população entender e talvez até dar mais valor no empenho da prefeitura nas negociações.
    Penso isto se comparando com a GREVE do ano anterior, e logo após varias reuniões de negociações veio o REAJUSTE e a POPULAÇÃO entendeu.
    Por que o governo não foi solicitado antes para participar das negociações evitando assim um desgaste maior, só sei que algo não está cheirando muito bem no que se trata do “REAJUSTE”, será que Canindé está de negociata???

  9. Uma coisa devemos reconhecer, a estratégia midiática do governo do estado é pra lá de eficiente. Pra mim foi tudo um jogo de cena, um scprit bem combinado, com todos os atores bem ensaiados, e no final do espetáculo todos foram aplaudidos, transformados em heróis, pois conseguiram transformar aquilo que seria um aumento, numa redução de tarifa dos ônibus coletivos. Para o povo, foi aumento ou redução? O povo… ah! o povo… sempre será apenas um detalhe.

  10. Essa história não está bem contada, e os outros níveis de passagens que não foram majoradas, quer enganar quem? Todas passagens tem que se diminuir R$ 0,20. Ora bola diminui de um, e deixa no prejuizo para todos?, tem que baixar de todos os níveis, ou então não se dar aumento de jeito nenhum..

  11. Tudo combinado,como alguém postou: o valor do aumento que eles queriam era realmente esse que ficou,apenas isso,,esse tal de SET junto com os empresários ensaiaram tudo perfeitamente,,as falas, e no final ainda tem gente que aplaude,,,o que deve ter de empresario sorrindo de nós…

  12. oi pessoal do blog, quero deixar a minha queixa sobre o prefeito Edvaldo holanda, foi colocado tubulação de esgoto na avenida de santa barbara mais o prefeito até agora não cumpriu a parte dele de colocar o asfalto, lá tá um lamaceiro e as caixas da tubulação estão começando a quebrar devido ao trafego de veiculo.

Comments are closed.