Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Quando o candidato é ‘ficha suja’, não tem coordenação de campanha que resolva

Edinho-entrevistaO blog do jornalista Clodoaldo Corrêa divulga que a confusão foi feia na TV Difusora, depois do debate entre os candidatos ao governo, na noite de segunda-feira (25).

O candidato governista teria soltado os cachorros pra cima da coordenação de campanha. Procurava um bode expiatório para seu desempenho pífio. Uma coisa é certa: não tem marqueteiro ou coordenação de campanha que salve um candidato que tem um currículo de causar inveja ao lendário Al Capone.

Alguém deve dizer ao candidato governista que o passado dele o condena. Como explicar, por exemplo, sua riqueza descomunal, em um dos estados mais pobres da federação? Será que nunca se beneficiou de sua condição de filho de ex-governador, senador, e agora ministro, para auferir dividendos para seus empreendimentos, através da facilitação de contratos com governos? Como esconder processos e condenações na Justiça?

Qualquer candidato, principalmente a cargo majoritário, tem que estar preparado para ter a vida devassada em uma disputa eleitoral. Se não tem ficha limpa, fica difícil uma coordenação de campanha fazer milagres para limpar a imagem do candidato. São nódoas que ficam impregnadas e não se consegue apagar facilmente.

Adversário que se preze deve, sim, explorar esses pontos negativos do oponente. O eleitor tem todo o direito de tomar conhecimento da vida pregressa de todos os candidatos. Afinal, é um risco muito grande entregar as chaves dos cofres do Estado a quem tem um histórico de desonestidade.

Uma vez no poder, o “ficha suja” pode trabalhar para beneficiar seus negócios ou mesmo colocar ‘laranjas’ para comandá-los. Seria a continuidade do que temos hoje: a governante paga de um lado do balcão e recebe do outro. Vide o exemplo do Sistema Mirante de Comunicação, pertencente à família da governadora. São empresas de familiares e amigos do peito que conseguem tocar os principais projetos em todas as áreas.

Enrolado em cada novo debate, o candidato governista deve estar à espera de um milagre. Só Jesus na causa! Afinal, Jesus, mesmo expulsando os vendilhões do templo, veio para salvar a todos. No entanto, Jesus alertou a todos: “Cuidado com os falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores” (Mateus 7:15-20).

Em suma, quem é ficha suja não deve pleitear ser governador de Estado. Nem mesmo deve ser candidato a síndico de condomínio.

Comments are closed.