Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Agressão a blogueiro mostra a truculência do grupo Sarney – Murad – Lobão

pablo lima
Blogueiro foi agredido por seguranças de Andrea Murad durante evento.

O episódio envolvendo o blogueiro Pablo Lima na noite do último sábado (23) mostra a que nível pode chegar o grupo Sarney – Murad – Lobão para permanecer no poder. O simples fato do blogueiro Pablo Lima tentar fotografar o evento comandado pela filha de Ricardo Murad foi o suficiente para que ele fosse agredido a socos pelos seguranças da família Murad em Coroatá.

Esse é o tipo de prática coronelista que ainda impera no Maranhão, comandada pelos grupos políticos que movem céus e terra para permanecer no comando do estado.

Outro exemplo disto foi a reação disparatada do secretário Ricardo Murad em evento realizado para receber Edinho Lobão em Coroatá, uma semana antes. Ao se sentir incomodado com a aparelhagem de som que fazia a festa na vizinhança de seu comício, Ricardo Murad mandou parar o evento para que ele pudesse falar.

“Tem que aprender a respeitar. A respeitar o governador,” disse Murad, apontando para Edinho Lobão. A atitude chocou os maranhenses e a agressão a Pablo Lima foi mais uma demonstração de que alguns líderes políticos ligados ao grupo Sarney ainda acreditam que a força bruta é a arma para vencer as eleições.

Prática típica de defensores de um coronelismo atrasado, os “sopapos” destinados a Pablo Lima ferem toda a sociedade maranhense. Assim como os tiros que mataram Décio Sá, a agressão e o desrespeito ao trabalho de Pablo Lima devem servir de reflexão sobre o exercício da Democracia no Maranhão.

Comments are closed.