Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Fábio Câmara tenta fazer as pazes com Ricardo, mas é humilhado pelo ex-aliado

Foi por água abaixo mais uma tentativa do vereador Fábio Câmara (PMDB) de fazer as pazes com Ricardo Murad.

fabioNo começo deste ano, Câmara traiu o padrinho para se lançar candidato a deputado estadual, atrapalhando os planos do cunhado da governadora Roseana Sarney (PMDB), que já tinha a intenção de lançar a filha, Andréa Murad (PMDB), e o genro, Sousa Neto (PRB), para a mesma vaga.

Acostumado a tocar campanhas com milhões para gastar, “amigo da hora certa” — que até hoje não conseguiu explicar o nebuloso envolvimento com o assassinato do jornalista Décio Sá — mandou um interlocutor da Câmara Municipal de São Luís avisar a Ricardo que estaria disposto até a renunciar à disputa em favor da candidatura de Andréa.

Com a arrogância peculiar, Murad fez pouco caso da proposta. “Diga a esse moleque que pra mim ele morreu. O Fábio Câmara é coisa do passado. Não soube aproveitar a oportunidade que dei, quando tirei ele do buraco. Quero distância desse traidor. A vez dele passou!”

O implacável secretário, não satisfeito em rasgar a bandeira branca levantada pelo ex-serviçal, mandou avisar que fará o possível para prejudicá-lo, fechando portas nas UPAs, hospitais estaduais e exonerando qualquer um que tenha a coragem de pedir votos para o vereador.

Desde que rompeu com Ricardo Murad, Fábio Câmara se aproximou do “carcará” João Alberto (PMDB) e fechou com o verde Victor Mendes, candidato a deputado federal. Os governistas, no entanto, ironizam dizendo que o maior desejo dele é voltar para debaixo das rodas do “Tratorzão”.

Comments are closed.