Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

Com caso malas pretas, candidato “Sem Noção” gera pânico na família Sarney

edinho-lobao21Nos bastidores do grupo Sarney, reina o pânico absoluto após a divulgação dos documentos da Polícia Federal com as revelações da contadora do doleiro Alberto Youssef. Este golpista foi preso em São Luís com malas carregadas de dinheiro de negociatas envolvendo o Governo do Estado.

A frase que mais tem sido ouvida é a comparação entre a situação de Roseana Sarney e a de José Roberto Arruda, ex-governador de Brasília, que por bem menos acabou preso e afastado da política para sempre.

Outra referência constante tem sido a comparação com a situação de Fernando Sarney, que só não acabou condenado e preso por causa da influência do então poderoso presidente do Senado, José Sarney. “E com o chefe fora do Senado ?” – perguntam os aliados da oligarquia.

Mais um ingrediente explosivo: o secretário João Bernardo Bringel, que já foi uma figura respeitada em Brasília, sabe que liquidou a sua carreira pública e por isso chora copiosamente.

O fato é que a condenação de Marcos Valério e outros “operadores” a penas altas, fez com que todo envolvido em escândalos entre em pânico e se torne incontrolável.

Para piorar o clima que já é péssimo, o tresloucado candidato Edinho Lobão perdeu totalmente o respeito do grupo Sarney, depois de se tornar conhecido pelas frases disparatadas proferidas a cada entrevista ou discurso.

Coube ao senador João Alberto pedir aos gritos ao playboy para que pare de falar besteiras. E já há quem lembre um antigo apelido do ousado suplente Edinho: “SN”, que significa simplesmente SEM NOÇÃO.

Comments are closed.