Publicidade  Prefeitura de São Luis

Geral

86 tubos da adutora da Caema desaparecem de almoxarifado; prejuízo é da ordem é de R$ 2,5 milhões

Foto-2-DOMINGO-Caema-obra-Italuis

Uma verdadeira bomba está no colo da governadora Roseana Sarney.

Do nada, 86 tubos novos, que deveriam ter sido utilizados no Italuís II, obra embargada pela Controladoria Geral da União, desapareceram do almoxarifado no Km 22.

O desaparecimento foi constatado na semana passada quando precisaram de tubos para interligar a adutora nova na antiga.

Os tubos estavam no antigo canteiro de obras da Gautama, uma das empresas que era responsável pela obra do Italuís II.

Todo o material deixado pela empresa estava sob responsabilidade da Caema.

Pelas informações, a Caema desistiu de fazer a extensão da nova adutora passando sobre o Estreito dos Mosquitos, em treliça que seria montada na estrutura da ponte.

Decidiu, então, fazer a interligação da nova adutora na adutora atual que passa na ponte metálica.

Para essa interligação seriam utilizados tubos deixados no antigo canteiro da Gautama.

Cada tudo custa, em média R$ 25 mil, o que presenta um prejuízo da ordem de R$ 2,1 milhões.

O abacaxi está no colo da governadora.