Publicidade  Prefeitura de São Luis

Madeira foge de Edinho e se aproxima de Flávio Dino

flavio-dino-sebastiao-madeira

Depois de ouvir um sonoro não do prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB), o pré-candidato do PMDB a governador, Edinho Lobão, foi obrigado a cancelar a viagem à Região Tocantina, prevista para esta quinta-feira (1º), que daria início a sua campanha em busca de apoios pelo interior do Maranhão.

Em uma nota desprovida de qualquer lógica, o jornal do grupo Sarney ainda tentou justificar que a agenda foi adiada em razão do “estreitamento” das conversas entre Edinho e Madeira. No entanto, de acordo com os assessores do próprio prefeito, cancelamento da viagem se deve à proximidade dele com a pré-candidatura do oposicionista Flávio Dino (PCdoB).

Uma das maiores lideranças políticas do sul do estado, Madeira não mostra qualquer resistência à aliança entre tucanos e comunistas. Pelo contrário, tem partido dele a iniciativa de buscar uma reaproximação com as lideranças da oposição. As conversas são diárias.

No começo do mês, após a desistência de Luís Fernando Silva (PMDB) e o anúncio do nome de Edinho Lobão para substituí-lo, o prefeito de Imperatriz foi o primeiro a se posicionar sobre a troca, se desobrigando de qualquer compromisso com outra candidatura da oligarquia.

“Meu compromisso era com Luís Fernando. Sem ele, me sinto desobrigado”, declarou Madeira na época.

Comments are closed.