Publicidade  Prefeitura de São Luis

Agora lascou: Edinho Trinta quer a mulher, Paulinha Lobão, candidata ao Senado

paulinha lobao

Cunha Santos

Muita gente pode ser levada a pensar que o artigo na coluna “Estado Maior”, do jornal “O Estado do Maranhão, publicado ontem sob o título “Apenas três e ponto final” tem a ver com ocasionais candidaturas de outros grupos ou partidos políticos, no caso de alguma coligação, ou de outros aspirantes ainda não citados. Mas existe “Algo Mais” por trás dessa história.

Desde a quarta-feira passada o Blog recebeu informações de que as cúpulas do PMDB e da família Lobão estavam discutindo a probabilidade de lançar a candidatura de Paulinha Lobão ao Senado, ao lado do esposo, candidato a governador.

De uma reunião com esse objetivo teriam participado o deputado federal Sarney Filho, o prefeito de São José de Ribamar, professor Josemar, o próprio Edinho Lobão e uma professora cujo nome não foi possível identificar.

No encontro teria sido feita, inclusive, uma rápida avaliação do impacto positivo dessa candidatura sobre o eleitorado feminino. O Blog aguardava confirmar a notícia em outras fontes, mas a pressa com que “O Estado do Maranhão” veio a público avisar que a disputa pela indicação para o cargo de senador está reduzida apenas a três nomes já citados – Gastão Vieira, Arnaldo Melo e Pedro Fernandes – e ponto final, nos autoriza a divulgar esta inusitada informação.

A expressão “Ponto Final” tem cheiro de ordem, de “fim de papo”, de “não se fala mais nisso” como se determinada por alguém com muito poder dentro do grupo e que não gostou nada da idéia. Parece coisa de Roseana ou, mesmo, do velho Sarney.