Publicidade  Prefeitura de São Luis

Flávio Dino deve deixar Embratur dia 30 e fará balanço de sua gestão

 

redim-20140122175406_---_flavio_dino_copy

Mercado e Eventos

O presidente da Embratur, Flávio Dino, tem uma reunião agendada no próximo dia 30, em Brasília, com representantes da mídia especializada. Na ocasião, o dirigente confirmará sua saída do cargo para concorrer ao Governo do Maranhão, onde lidera as pesquisas. Na mesma ocasião, Flávio Dino, fará um balanço de sua gestão. O dirigente assumiu o cargo em junho de 2011. Aos 44 anos Dino é advogado e professor de Direito  e é ex-deputado federal. Em sua gestão, Dino reativou os EBTs após licitação, criou o programa Goal To Brazil e procurou dar ênfase a promoção nos principais destinos emissores.

Recentemente tem manifestado sua preocupação com a alta no preço dos serviços turísticos, particularmente em relação a aviação e hotelaria, durante a Copa do Mundo, e que a seu ver podem tornar o Brasil menos competitivo no cenário internacional. “Tenho alertado a sociedade sobre a necessidade de superarmos o aumento arbitrário e abusivo de preços no setor do turismo, especialmente no que se refere às tarifas de passagens aéreas. Um passo positivo para o enfrentamento do problema foi a criação, por ordem da presidenta Dilma, de um comitê interministerial para monitorar os preços fixados pelas empresas aéreas, pela FIFA/Match e pelos hotéis durante a Copa do Mundo 2014”, destacou.

Entre suas últimas medidas anunciou o lançamento de uma nova plataforma digital para promover o destino. O “Brasil Home” cujo objetivo é demonstrar ao estrangeiro todas as experiências que ele pode viver ao visitar o país. Ao entrar nesta “casa digital” o internauta vai descobrir um pouco da cultura brasileira.

“Já sabemos que o turista vem ao Brasil em busca também de nossa cultura, como comprovou a pesquisa feita durante a Copa das Confederações, quando 55,7% dos turistas que foram ao Rio procuraram por museus, casas de cultura e exposições”, lembrou o presidente da Embratur, Flávio Dino. “Por isso, estamos apostando nessa casa digital como mais uma ferramenta para divulgar o que o Brasil tem de melhor”, complementou.

A presidência da Embratur também tem sido negociada com o PTB, mas existe a hipótese de sua presidência ser ocupada por uma técnica, a atual chefe de gabinete de Dino, Kátia Cristina Bitencourt. O PCdoB, que deverá apoiar a reeleição da presidente Dilma, também quer continuar com essa vaga à frente da autarquia.

Comments are closed.