Publicidade  Prefeitura de São Luis

Sarney se instala no Palácio dos Leões para tentar contornar a crise da filha

Grupo-Sarney-contam-as-horasFontes palacianas dão conta que, desde que a crise de Segurança Público virou um dos temas centrais do debate nacional, o senador José Sarney (PMDB-AP) montou uma campana dentro do Palácio dos Leões, sede do Governo do Maranhão.

A filha, incapaz de gerenciar sequer a sua imagem e de conter seus conhecidos “pitis” dentro do Palácio dos Leões (do qual se acha dona por hereditariedade), precisou chamar José Sarney para controlar o seu próprio governo.

E é de dentro do Palácio dos Leões que partem os comandos que tentam, de toda forma, tirar o foco de Roseana Sarney diante de mortes nos presídios (e fora também) e da total insegurança da população nas ruas.

José Sarney está desde o final de dezembro sendo o gerente da crise do governo Roseana. É ele o chefe do comando central do Palácio dos Leões.

Acostumado a ter que se explicar diante de escândalos de corrupção e guinadas político-eleitoreiras ao longo de décadas, José Sarney tenta a todo custo organizar o governo que a filha deixou em frangalhos.

Com corrupção instalada em todas as secretarias do governo e denunciadas por deputados que fiscalizam o desvio de verbas públicas do governo, Roseana está sem as rédeas do comando e precisou recorrer a José Sarney para apagar o incêndio.

Tarefa extremamente complicada, pois o grupo Sarney tem muito o que explicar diante da falência do Sistema Público de Segurança – entregue a Aluísio Mendes, que mostra cada vez mais sua incompetência diante do cargo que ocupa.

Comments are closed.