Publicidade  Prefeitura de São Luis

Othelino Neto não está inelegível como tenta passar a mídia da oligarquia Sarney

A mídia sarneyzista resolveu se valer de uma decisão monocrática do juiz Manoel Matos de Araújo Chaves, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca de São Luís, para a qual ainda cabem recursos, e vem propagando, de forma maldosa e irresponsável, que o deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) estaria inelegível para as eleições de 2014, quando, na verdade, ele não está. Isto porque a Lei Complementar 135/2010 (Ficha Limpa), para os casos determinados, prevê que isso só ocorre em caso de decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, o que não é o caso.

othelino4O curioso é que esse parecer monocrático do juiz Manoel Matos de Araújo Chaves é de novembro do ano passado e o parlamentar, no uso dos seus direitos, já entrou com recurso de embargo de declaração, mas a Imprensa, ligada ao clã, resolveu explorar isso, exatamente, após o deputado do PCdoB ter recebido em seu gabinete, no exercício do posto de membro da comissão de recesso da Assembleia Legislativa, representantes de um coletivo de advogados brasileiros dos Direitos Humanos que pediram à Casa o impeachment da governadora do Maranhão, Roseana Sarney.

Será que a mídia sarneyzista não sabe que um candidato ou pretenso candidato só está inelegível, para os casos previstos na Lei Complementar 135/2010 (Lei da Ficha Limpa), quando uma decisão é transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado? Claro que sabe, mas age de forma maldosa e irresponsável para intimidar um deputado da oposição que vem denunciando uma série  mazelas de um governo, gerado nas entranhas de um clã que já domina a política do Maranhão há cinco décadas.

Continue lendo no blog da Silvia Tereza…

Comments are closed.