Publicidade  Prefeitura de São Luis

São Luís registra novos ataques criminosos neste sábado

delegacia1Novos ataques criminosos foram registrados na noite de sábado em São Luís. A fachada da Delegacia da Liberdade foi atingida por tiros disparados de dentro de um Celta. Na sexta, uma outra delegacia, no bairro do São Francisco, foi alvo de disparos. Cinco ônibus também foram incendiados, deixando cinco pessoas ficaram feridas.

Dois feridos, uma criança de seis anos que teve 90% do corpo atingido pelas chamas e um homem de 35 anos com 80% do corpo queimado, continuam internados em estado grave e correm risco de morte. As outras três vítimas, entre elas uma outra criança de um ano e quatro meses, também continuam internadas, mas estão fora de risco.

A nova onde de ataques que a capital maranhense viveu neste fim de semana é um reflexo da reação à crise que o sistema penitenciário maranhense está passando. Este ano já foram registradas duas mortes de presos, além da fuga de um detento.

Ao todo, 63 detentos foram assassinados dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas desde o ano passado. O recorde que supera o número de mortes registradas no presídio entre 2009 e 2012.

A governadora Roseana Sarney tem até amanhã para prestar informações ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre as providências tomadas para evitar novas mortes no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.