Publicidade  Prefeitura de São Luis

Comunistas calam a boca de Ricardo Murad

O PCdoB respondeu aos ataques infundados coordenados por Ricardo Murad, que desesperado com a larga vantagem de Flávio Dino sobre os pré-candidatos do clã Sarney ao governo, cismou de relacionar os comunistas locais a irregularidades no programa habitacional Minha Casa, Minha Vida.

Ricardo-Murad11Segundo postagem de Murad no Facebook, “existe um esquema fraudulento que envolve pessoas e empresas próximas ao presidente da Embratur, Flávio Dino, e ao seu partido, o PCdoB no Maranhão no programa federal Minha Casa Minha Vida”.

A denúncia do secretário foi “inspirada” em uma matéria do jornal O Globo, que denunciou um suposto esquema de fraude articulado por ex-servidores do Ministério das Cidades. Eles teriam utilizado empresas de fachada para fraudar o programa habitacional.

O problema é que no corpo da reportagem não há menção ao presidente da Embratur ou qualquer outro filiado do PCdoB maranhense.

Por ordem do cunhado de Roseana Sarney, o material foi amplamente divulgado na edição de hoje do EMA e replicado em todos os blogs da oligarquia. Mas a falta de fundamento do factoide fez com que a armação não repercutisse como deveria, e acabou frustrando os planos de Ricardo Murad.

Em resposta as acusações, o PCdoB emitiu a seguinte nota:

O Diretório Estadual do PCdoB esclarece:

1 – Tomadas pelo desespero em face da pesquisa divulgada ontem, lideranças e veículos do grupo Sarney estão distorcendo matéria do Jornal O Globo para inventar uma versão inexistente.

2 – Em nenhum momento, o jornal O Globo cita o PCdoB do Maranhão ou o ex-deputado Flávio Dino. 

3 – As empresas particulares denunciadas não têm qualquer relação com o PCdoB, tampouco com Flávio Dino ou com suas emendas parlamentares. Qualquer tentativa de vinculação é absolutamente falsa e criminosa.

4 – O PCdoB irá prosseguir o seu trabalho de organização da sociedade para mudar a política maranhense. Lamentamos que o grupo Sarney, em vez de se ocupar em resolver os problemas sociais do Estado, dedique-se à política da mentira e do ódio. Mas esta não irá prevalecer, pois a vontade da população está bem registrada nas pesquisas.

Etelvino Nunes Oliveira

Presidente do Comitê Estadual do PCdoB