Publicidade  Prefeitura de São Luis

Edinho Lobão mentiu em entrevista

20080127092854_02ebb

O senador Edinho Lobão mentiu ao comentar sobre a realidade financeira do Maranhão na entrevista concedida ao jornalista John Cutrim.

Em um dos questionamentos, quando perguntado sobre as razões para o atraso do Maranhão em relação aos outros estados, o filho de Edison Lobão meteu os pés pelas mãos e informou dados errados na tentativa de justificar os seguidos fracassos dos governos ligados ao grupo Sarney.

O motivo alegado por Edinho para o fracasso nos índices sociais do estado é o seguinte: “Nós estamos numa discussão agora lá em Brasília sobre o Fundo de Participação dos Estados, querem tirar dinheiro do Maranhão, você descobre que o nosso estado tem a penúltima colocação na relação número de habitantes/transferências federais. A receita do habitante do Maranhão é a penúltima pior de todas e ninguém nunca falou nisso. Como você pode querer ter IDH, ou qualquer índice de saneamento, como é que você pode fazer isso. Isso não depende do governante do Maranhão, é uma contingência que o Maranhão foi colocado que não é justa para o Maranhão. Isso há 20 anos e fica nesse tempo todo o discurso de incompetência administrativa que não é. Você não pode fazer mágica com pouco dinheiro; agora que a gente descobriu que o Maranhão é o patinho feio da república do ponto de vista do dinheiro”.

O problema na justificativa de Edinho é que, pelo menos no que diz respeito a transferência recursos federais, a situação do Maranhão chega a ser tão alarmante como a que ele tenta fazer parecer. Os dados apresentados pelo senador são falsos e não resistem sequer a confronto com os números dos institutos oficiais.

De acordo com dados do Ipece, o estado ocupa a 15ª posição no ranking de transferência per capita, ao contrário da penúltima posição alegada pelo filho de Lobão. Quando considerado o Fundo de Participação dos Estado, o Maranhão aparece bem mais acima, na 11ª colocação.

Ou seja, além de atestar a incompetência do grupo Sarney à frente da condução do estado, Edinho Lobão demonstrou a sua costumeira má-fé para tratar dos assuntos relacionados ao Maranhão.

Sem falar que ele aumentou o resultado da votação do pai na eleição de 2010 em quase 30%, de 1,7 milhões para 2,2 milhões de votos.

Veja a tabela com a posição ocupada pelo Maranhão em relação a outros estados:

maranhao ipece

Comments are closed.