Publicidade  Prefeitura de São Luis

Carcará é eleito para o Conselho de Ética do Senado

Líder da Operação Tigre (foto), João Alberto foi eleito para o Conselho de Ética do Senado pela quarta vez.
Líder da Operação Tigre (foto), João Alberto foi eleito para o Conselho de Ética do Senado pela quarta vez.

O senador João Alberto (PMDB) foi eleito hoje, por aclamação, para presidir o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado. Aliado de José Sarney (PMDB), o parlamentar maranhense sempre é lembrado pela sanguinária Operação Tigre e por ter se declarado um político “90% honesto”.

João Alberto, que já ocupou o cargo por em outras três ocasiões, ficou marcado por arquivar denúncias contra colegas senadores acusados por irregularidades.

Ele se posicionou contra a cassação de mandato do senador Jader Barbalho (PMDB), acusado de participação em fraudes na Sudam; arquivou denúncias contra senadores suspeitos de envolvimento no escândalo dos sanguessugas e comandou o arquivamento dos processos contra Romero Jucá (PMDB) e Eduardo Azeredo (PSDB).

A escolha do Carcará é uma forma de resguardar o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB), de eventuais processos no Conselho de Ética.

Nos últimos dias, João Alberto começou a figurar como opção para a sucessão da governadora Roseana Sarney (PMDB).

Comments are closed.