Publicidade  Prefeitura de São Luis

Tem pegada no Palácio

Não soaram como exageradas as declarações do Domingos Dutra dando conta de que o mandante do assassinato do jornalista Décio Sá pode ter pegadas nos jardins do Palácio dos Leões… Ao menos para a polícia.

Pelo menos é o que sugerem algumas linhas de investigação que caminham neste sentido.

Figurões do estado, atuantes nas três esferas do poder, podem estar relacionados ao assassinato. Traição, envolvimento com drogas, chantagem, vingança e queima de arquivo aparecem como os prováveis motivos para o crime.

Apesar das suposições policiais, fontes garantem que faltam provas físicas, digitais ou confissões que garantam a elucidação do assassinato do jornalista. Informações amplamente divulgadas pela imprensa, como a suposta trajetória dos bandidos, também podem estar erradas e serviram apenas para despistar os investigadores.

E a Secretaria de Segurança do ‘melhor governo da minha vida de Roseana Sarney’ continua sem saber o que fazer…