Publicidade  Prefeitura de São Luis

Agora lascou: Flávio Dino oficializa desistência de candidatura a prefeito de São Luís

O Imparcial

O presidente do diretório municipal do PCdoB, Marcio Jerry, já descartou a possibilidade do presidente da Embratur e ex-deputado federal, Flávio Dino, ser candidato. Segundo Jerry, Dino busca o consenso entre Tadeu Palácio (PP), Edivaldo Holanda Júnior (PTC), Eliziane Gama (PPS) e Roberto Rocha (PSB).

“Nós insistimos no consenso entre os pré-candidatos. E assim, o Flávio não deve mesmo ser candidato. Insistimos em construir uma boa proposta para São Luís e a entramos nos quatro pré-candidatos do grupo”, avaliou Jerry.

Flávio enviou o comunicado ao partido na semana passada afirmando que não teria condições de disputar a prefeitura de São Luís em virtude do falecimento de seu filho, Marcelo Dino. Isto torna oficial a decisão de Dino de não ser candidato este ano, e acirra a disputa entre os seus pré-candidatos pela indicação.

O PCdoB tem sido fiel da balança no grupo de oposição ao prefeito João Castelo e ao petista Washington Oliveira. O presidente do PCdoB de São Luís admite que o nome de Flávio tomou importância no resultado, mas nega que o ex-deputado federal irá impor “seu” candidato. “Flávio tem um papel decisivo neste cenário. Inegavelmente é uma liderança consolidada em São Luís e no Maranhão. Mas ele não pode dizer quem é o candidato. Temos uma relação respeitosa com os candidatos e com os partidos. Tentamos construir a candidatura pelo consenso”, afirmou.

O PCdoB tenta unir os quatro pré-candidatos para ter um só na disputa de outubro. Márcio Jerry admite que isto pode não ocorrer, pois ainda depende do grau de unidade dos candidatos.

Continue lendo…

Comments are closed.